Os hábitos que ajudam a vencer o câncer

18

Dormir bem, sair do sedentarismo, manter o peso adequado, evitar bebidas quentes e amamentar. Essas são algumas das atitudes que, segundo as pesquisas mais recentes, têm importância maior do que se imaginava para prevenir e tratar a doença

Desmistificando o Câncer para ajudar o paciente a encarar esse tema de frente.

Uma nova safra de pesquisas está transformando o entendimento que se tem sobre o câncer – uma das principais causas de mortalidade em todo o mundo – e modificará para sempre a forma com que a enfermidade é tratada. As evidências científicas demonstram que a adoção de um estilo de vida saudável tem um poder muito maior do que se imaginava de proteger contra o desencadeamento da enfermidade e também de influenciar positivamente na evolução ao longo do tratamento. Manter o peso dentro dos parâmetros recomendados, praticar atividade física e cuidar para que o sono tenha qualidade, por exemplo, estão entre os fatores que, agora se sabe, podem ser decisivos para a prevenção e a cura.

A constatação veio à luz a partir da certeza de que o câncer é uma doença complexa, que não tem uma única origem e que não pode ser tratado a partir de uma perspectiva somente. Tumores de origem genética respondem por cerca de 10% dos casos. Todo o restante é resultado de uma combinação de circunstâncias ambientais e comportamentais. “É muito importante que as pessoas saibam disso”, afirma o oncologista Fernando Maluf, chefe da oncologia clínica do Centro Oncológico Antônio Ermírio de Moraes, do Hospital da Beneficência Portuguesa de São Paulo “Muita gente pensa que pode fumar, beber, não fazer esportes porque se tiver que ter câncer, terá. Mas não é isso. Poderíamos reduzir brutalmente o número de casos se fosse adotado um jeito mais saudável de viver”, diz. Porém, não é ainda o que se vê. “De forma geral, os casos de quase todos os tipos de tumor estão aumentando por conta dos hábitos de vida”, enfatiza o oncologista João Glasberg, do Hospital Samaritano de São Paulo.

Um dos fatores sobre os quais mais se tem pesquisado é o excesso de peso. Trata-se de uma investigação extremamente oportuna, já que a obesidade atinge cerca de 600 milhões de adultos no mundo e é preciso conhecer mais sobre suas implicações. Está comprovado que uma delas é o aumento do risco para o surgimento do câncer. Segundo a Agência Internacional para Pesquisa do Câncer, aproximadamente 481 mil novos casos surgidos a cada ano em todo o planeta são causados pela obesidade. Isso corresponde a quase 4% do total de novas vítimas da doença.

Peso Saudável & Sono Adequado

Você precisa saber como o peso influencia no surgimento do Câncer, bem como o quanto é importante uma boa noite de sono para estar fora do grupo de risco.

Cadastre-se abaixo e receba GRATUITAMENTE essa informações em seu e-mail.